A Bomba Injetora é indicada para bombeamento de água de poços nas seguintes aplicações:

Materiais Empregados na Bomba Injetora

Bombas injetoras para poços (EP) – Monobloco

Carcaça e rotores – em liga de alumínio-silício

Intermediária interna – em Termoplástico de engenharia (1/3cv a 1cv – monofásicos) e em ferro fundido (1½cv e 2cv monofásicos, 3/4cv a 2cv trifásicos)

Vedação do eixo da Bomba Injetora – por selo mecânico – Ø 5/8″, tipo “16″ – conjunto de precisão, construído com borracha nitrílica, mola de aço inox e as faces de vedação em grafite e cerâmica. Temperatura de trabalho do líquido até 70ºC.

Ejetores – Corpo em alumínio-silício, componentes internos e ralo em termoplástico de engenharia – Guia da válvula em bronze.
Opcional: Ponta do eixo em aço inox nas potências de 1/3 a 1cv monofásicos, 127V ou 220V.

Motor Elétrico

  • 2 pólos, 3450 RPM, 60 HZ
  • Monofásico: Tensão única – 127V ou 220V (1/3cv a 1cv); 110/220V (1½cv e 2cv)
  • Trifásico: 220/380V
  • Protetor térmico nas potências de 1/3cv a 3/4cv (Monofásico)
  • Capacitores permanentes até 1cv
  • Grau de proteção: IP 21
  • Isolamento:.Classe “B”

PK: Pressão de descarga para a vazão indicada

PF: Submergência mínima indicada

Vazão baseada ao nível do mar com submergência apropriada do ejetor.