As bombas de vácuo são indicadas em indústrias têxteis, cozedores, evaporadores, filtro a vácuo, extração a vácuo em fábricas de papel e celulose, tecidos, indústrias químicas e petroquímicas, alimentícia, usinas de açúcar e álcool, etc.

Vazão até: 3000 CFM
Vácuo até: 8 inch Hg até 27 inch Hg

As bombas de vácuo de anel líquido possuem um corpo intermediário entre duas carcaças, ou corpos laterais, e uma única peça girante, que é o rotor, onde temos em seu interior a formação de “pistões líquidos” que se deslocam em direção à superfície interna do corpo intermediário em ambos os sentidos. Somente podemos evidenciar esse fenômeno devido à disposição de montagem excêntrica do rotor em relação ao corpo intermediário, formando o chamado anel líquido, gerado pela ação da força centrífuga, existente nesse tipo de projeto.

Carcaça das bombas de vácuo

Cada carcaça ou corpo lateral possui uma entrada e dependendo do modelo, uma ou duas saídas, também possui além de outras conexões uma para entrada de água, o fluido mais utilizado para formação do anel líquido.

Rotor

O rotor além de ser a única peça girante, possui em seu interior varias cavidades, onde temos os chamados “pistões líquidos”, formados pelo movimento do rotor em relação ao anel líquido. Ao se deslocar o rotor projeta suas cavidades, ora no limite máximo, ora no limite mínimo do anel líquido, o que proporciona a formação desses “pistões”.

Corpo Intermediário

Permite o acoplamento das duas carcaças (ou corpos laterais), essa característica proporciona a capacidade de obtermos em um só equipamento a performance de duas bombas de vácuo, uma em cada extremidade do equipamento, funcionando em perfeita harmonia, justificando a existência de duas carcaças, duas entradas e duas saídas.

Cones

Os cones são responsáveis pela admissão de ar e de água ao interior do rotor, e também pela exaustão de ar mais água que retorna para a carcaça. A eficiência do equipamento é garantida pela precisão da usinagem requerida por esse componente, justamente pelo o fato da pequena folga existente entre os cones e o interior do rotor, o que explica o porque de ser uma peça tão importante para o bom funcionamento do equipamento.

Eixo

Os eixos são dimensionados a fim de proporcionar menor deflexão e maior rigidez ao conjunto, capaz de proporcionar longa vida aos rolamentos. A vedação é assegurada por gaxeta na execução standard ou opcionalmente por selo mecânico.